6 dúvidas sobre vidros esclarecidas
28jul
2 COM

O vidro pode ser usado para levar luz natural aos ambientes, integrar áreas ou criar efeitos especiais.

Preparamos este tira-dúvidas sobre o material para você ficar por dentro de todas as suas aplicações.

 

 

 

Fonte: Casa Abril

Tenho janelões de vidro temperado na sala. Qual o melhor material para a porta da entrada? O modelo pivotante combina?Max Franklin, Vila Velha, ES

“Por delimitar a entrada da casa, a porta principal assume papel de destaque numa possível hierarquia entre os vãos de um ambiente”, teoriza o arquiteto Antonio Fabiano Junior, de São Paulo. Por isso, pode receber uma linguagem – vidros ou revestimentos – diferente daquela das outras aberturas. “Gosto de materiais de textura marcante, como a madeira de demolição e o aço corten, ou de usar cores fortes, como o amarelo”, indica. “Quanto ao formato, além do modelo pivotante, o de duas folhas também vai bem”, afirma. Para o projeto da foto, os arquitetos Flávio Butti e Alice Martins, de São Paulo, encomendaram uma porta pivotante de madeira com uma chapa de vidro.

Vou construir uma pequena churrasqueira na varanda e penso em fechar as laterais com vidro. Devo usar o temperado ou o refratário?
Ruy Oliveira, Brumado, BA

Segundo o arquiteto Hélio Carneiro, da HOM Arquitetura, de São Paulo, o ideal é empregar vidro temperado na versão incolor. “Fica leve visualmente e possibilita ter a churrasqueira em qualquer lugar – inclusive na cozinha”, afirma. Ele indica a espessura de 10 mm e completa: “O vidro deve manter-se distante 15 cm das bordas para não entrar em contato com o carvão”. Na fixação, cantoneiras de alumínio. A instalação deve ser executada por empresa especializada em lareiras ou churrasqueiras.

Para a janela acima da minha banheira, procuro um vidro que permita a visão de dentro para fora, mas não de fora para dentro. Existe um modelo com essas características que não seja espelhado? Melissa Ita, Goiânia, GO

Só os vidros com maior reflexão externa da luz do sol (geralmente usados em fachadas de edifícios para proporcionar conforto térmico e economia no ar-condicionado) é que podem oferecer alguma privacidade. “Mesmo assim, isso só ocorre quando o nível de iluminação externo supera o interno, o que acontece durante o dia”, alerta Elisabeth Abduch, diretora de marketing e negócios para a América Latina da Guardian. À noite, quando a luz do banheiro for mais intensa que a da rua, haverá transparência da mesma forma. Além disso, todos os vidros refletivos terão o efeito espelhado. “Recomendo, então, uma combinação de vidros de baixa reflexão, próxima à do vidro comum, pintados, serigrafados ou laminados, com filmes internos estampados em diversos padrões ou cores”, sugere. Segundo Elisabeth, essa solução garante um bom grau de privacidade a qualquer hora. Outra opção é investir no paisagismo em volta da casa para barrar a visão da rua, como neste projeto da arquiteta Ana Lucia Salama em Atibaia, SP.

Qual a espessura de vidro recomendada a um guarda-corpo de escada? Maria Cristina, Brasília, DF

As normas técnicas para guarda-corpos, a NBR 14.718 e a NBR 7.199, estabelecem apenas o tipo de vidro recomendado – aramado e laminado, mais seguros porque não produzem estilhaços ao quebrar. “Também determinam que protótipos dos painéis vendidos para esse uso passem por testes de resistência que simulam impactos mecânicos como empurrões, puxões e batidas contra o guarda-corpo”, explica Ramon Perez, gerente técnico da Guardian. A especificação da espessura adequada depende do projeto. “Por exemplo, num guarda-corpo em que os painéis estão envolvidos numa estrutura metálica, 8 mm são suficientes”, diz o engenheiro Nelson Tanaka, da Vidro e Cia., de São Bernardo do Campo, SP. Quando o próprio vidro serve como corrimão, o laminado composto de duas chapas temperadas de 10 mm é a solução mais comum.

Que material utilizo para cobrir um pergolado: placas de vidro ou policarbonato? Qual deve ser a inclinação dessa cobertura? Vivian Westphal

“Se há possibilidade de caírem galhos sobre o pergolado, prefira o policarbonato – mais resistente a impactos do que o vidro comum – ou vidro do tipo laminado ou temperado”, indica o engenheiro Paulo Camerini, de São Paulo. A inclinação deve ficar entre 5 e 30%. “Lisos e com placas inteiriças, ambos os materiais facilitam o escoamento da água e das folhas”, explica o engenheiro. Com um ou outro há o risco de o ambiente transformar-se numa estufa. Por isso, vale a pena contratar um arquiteto para pensar, ainda no projeto, em soluções de ventilação adequadas ao espaço. A seguir, o engenheiro revela as características de cada um.

Estética. O vidro mantém sua transparência, enquanto o policarbonato tende a ficar opaco depois de, em média, cinco anos de uso.
Maleabilidade. Nesse item o policarbonato leva vantagem: é mais leve e pode até ser curvado a frio.
Instalação. Uma fita auto-adesiva de neoprene, que também faz a vedação, num perfil de ferro ou alumínio, fixa o vidro. Silicone é outra opção. Já o policarbonato, parafusado nessa estrutura, pede uma pequena folga entre as placas e os perfis para acomodar sua dilatação. A vedação emprega borracha ou silicone.
Preço. O vidro sai, em média, R$ 100 o m² (temperado de 10 mm), enquanto o policarbonato fica em R$ 300 o m² (tradicional) e R$ 500 o m² (alveolar, mais resistente à ação do tempo).

É possível retirar manchas brancas do vidro temperado do boxe? Antonieta Frascati

“Causadas pela umidade do ar, que oxida a superfície do vidro, pela amônia presente em resíduos de sabonetes, por produtos de limpeza e até pela ação do flúor contido na água, essas manchas devem ser retiradas com uma substância chamada óxido de cério”, explica Remy Neto, consultor técnico da Pilkington. Aplicado com uma bucha, esse pó cerâmico polirá o vidro, eliminando manchas e pequenos riscos. “O ideal é contar com mão-de-obra especializada, que utiliza uma máquina especial para dar acabamento ao vidro depois da aplicação do óxido”, diz Jairo Eduardo Kurgan, designer da Americanbox, de São Paulo. Se a superfície afetada for maior do que 5 cm², Jairo recomenda trocar o boxe, pois a restauração afetará a espessura do vidro, que se tornará mais frágil e poderá quebrar sozinho. Para evitar a formação dessas manchas, deixe o banheiro sempre ventilado, com portas ou janelas abertas.

Acesse www.armazempara.com.br

Cadastre-se e receba todas nossas novidades por email!
Siga-nos no Twitter!
Curta as nossas novidades no Facebook!
Conheça nosso Flickr com nossas ofertas!
Confira nossos comerciais no nosso Canal no Youtube

  • Almir Alves

    A Empresa Americanvidros é especializada em colocação de Vidros Temperados,
    Box Para banheiro, Box de Banheiro, Box de Vidro temperado, Escadas de Vidro,
    Corrimão, fechamento de sacada, Espelhos, Espelho com bisotê, Box de Inox com
    Roldanas Aparentes, Portas de vidro temperado com Mola Hidráulica, Guarda corpo
    em vidro e Inox. saiba mais no site http://www.americanvidros.com.br ou no Show Room
    Rua Atlântica, 12 – Jardim Paulistano – Fone 011 – 3136-0853 Loja

  • BOXMARINE VIDROS

    A Marine Vidros Trabalha com Box para banheiro, Box de Inox com roldanas
    aparentes, parede de Vidro e Inox, Casa de Espelhos, Espelhos, Portas e Janelas de
    vidro temperado, Vidro Temperado, divisórias de vidro para residências e escritórios,
    envidraçamento de sacada, box, Blindex, Espelho guardian, vidraçaria em geral.
    Atendemos em diversos bairros de são Paulo, com os melhores preços
    Veja a local mais próxima, faça uma visita em uma de nossas lojas
    Loja Ibirapuera – Rua Vieira de Moraes, 1410 – Campo Belo – fone (11) 5531-1099
    Loja Leopoldina – Av. Imp. Leopoldina, 473 – V. Hamburguesa – fone (11) 3835-8549
    Loja Jardins – Av. Brig. Faria Lima, 1827 – Jd Paulistano (11) 2589-0354
    Loja Morumbi – Av Albert Bartholomé, 477 – Butantã – (11) 3749-9673
    Saiba mais no site https://www.marinevidros.com.br/
    Central de Vendas Fone (11) 3136-0754 faça contato, solicite seu orçamento

Ratts Ratis