Como decorar seu Home-office
04mar
0 COM

Se você está pensando em entrar para o time dos que optam pelo home-office, lembre-se que Trabalhar em casa tem suas facilidades, mas também muitos desafios. Pensando nisso, separamos para você alguns padrões de escritórios, que unirão o conforto de sua casa com a seriedade que seu trabalho exige, levando-se em conta o espaço que cada um deles ocupa e com dicas exclusivas para não faltar nada!

Se você tem um quarto que pode ser inteiramente transformado em escritório, considere-se uma pessoa afortunada! Um dos principais desafios de se trabalhar em casa é não deixar com que a rotina da casa interfira na sua produtividade. Ter um cômodo exclusivo para o escritório lhe garante maior privacidade e autonomia e é a solução ideal para famílias com crianças ou idosos que podem precisar de assistência constante.


Para este escritório, escolha uma mesa ou escrivaninha adequada para a prática de suas atividades, uma cadeira confortável e ergonômica e procure uma posição com boa iluminação (que não reflita no monitor do computador, nem fique muito escuro caso você precise tomar notas). Cômodos maiores podem dispor de grandes prateleiras para acomodar livros, pastas e documentos. Se sobrar um espacinho, não hesite em colocar uma poltrona com um bom abajur para ler ou relaxar um pouco. Afinal, é bom fazer pequenos intervalos entre as atividades para manter o rendimento e a saúde mental (e física).

O escritório “sob medida” é aquele que por muito pouco não é um escritório! Na verdade é um estação de trabalho que, em geral, é uma pequena parte de um outro cômodo (como uma sala ou um quarto). Este tipo de escritório é muito comum em quartos de jovens como uma área de estudos, e ele pode ser levado também para a vida a dois (a três, a quatro…). Com apartamentos cada vez menores, não tenha medo de montar seu escritório no seu dormitório!

 

 

É possível criar uma estação de trabalho confortável e cujo design não comprometa a decoração do quarto. Você pode criar uma bancada de trabalho integrada a uma cômoda, ou colocar uma escrivaninha no lugar de um criado-mudo. O importante é lembrar que sua rotina não poderá atrapalhar a rotina de outros habitantes do quarto (por exemplo: você trabalha de madrugada e atrapalha seu marido que tenta dormir). A dica do “studio” também vale aqui: monte um mural ou prateleiras que misturem elementos do escritório com elementos do cômodo onde ele está, criando um ritmo suave e harmonioso entre ambientes.

 Se a sua casa não dispõe de um grande ambiente que pode ser transformado em escritório, não se apavore porque para tudo há solução! Cada vez mais vem surgindo a demanda por estações de trabalho dinâmicas e flexíveis. É o caso de micro-escritórios embutidos, que ficam escondidinhos dentro de armários ou prateleiras.

 

 

A versatilidade desses espaços pode ser a solução ideal para você que vive ou passa maior parte do seu horário de trabalho sozinho. Durante o expediente, você abre um armário e lá estão todas as suas coisas. Acabou a jornada, feche as portas e já está tudo pronto para você receber visitas ou relaxar no sofá! Esta opção ainda não é muito comum no mercado, sendo a maior parte destes escritórios criada na base do improviso. A dica é caprichar nos organizadores! Mais do que em qualquer outro padrão de escritório, aposte em caixas organizadoras, pois você poderá ter mais facilidade de guardar seus materiais e empilhá-las em um espaço reduzido.

Bom Trabalho!

 Fonte: casabemfeita.com

Ratts Ratis